sexta-feira, 24 de julho de 2009

Geraldinos Açoitados

Acampadas nas paredes da urbe,
Cores de socorro
(Quiçá anarquia,
Quem sabe ironia),
Não remarcam fronteiras,
Limitam o sangue nos olhos
E constrangem o frio na barriga.

Destemem-se da Roma derrocada os mergulhadores,
Distintos e peritos dos aquedutos e anfiteatros,
Vorazes e famintos de si.