segunda-feira, 29 de junho de 2009

Zazá

Quem iria adivinhar
A cor das próximas meias brilhantes de Isaura?
Marcada por seqüências soberbas-
Afinal, nunca é má a matemática da realidade no conjunto correto,
A iluminada Zazá escreve um caractere e um terço a cada saída à rua,
Dizendo o que pensa mesmo que só os analfabetos ame.