sexta-feira, 26 de junho de 2009

Pseudo-Auto-Estima

Sob a pele e o canto dorme a foz de toda a minha inveja,
A lástima a argüir o contimento para a puta feliz.