terça-feira, 23 de junho de 2009

Política Comunitária dos Nobres Imbecis

Vais de magenta ou púrpura, oposto?
Sei que a tristeza está na cara,
Mas tem fundamento, se é que este desejo:
A chácara de Dona Veridiana virou recanto de machos,
Portanto,
Com muito pesar,
Abriríamos a possibilidade do rosa, meu remate.

Sei que adoras a complementariedade da tua foice ornamentada por mimos,
Mas disto o Século XXI anda repleto;
Repleto de gritos faltosos,
Resgates onerosos,
Pobreza de mim.

Há tempos não te vejo vestido do cinismo da borboleta,
Artifício magnífico,
Quase anti-isto-tudo-chato-de-dar-nos-nervos,
Mas sigamos,
Corretos profanos.