quarta-feira, 24 de junho de 2009

Linha Reta e Torta

Restritiva e pura, a graça está na crueldade;
Nutrindo a empáfia da miséria de espírito,
Distanciando-nos de nossa história sangrenta,
Tornamos subterrâneas as nossas praças de guilhotinamento,
Emergimos do lodo que é gente
Enquanto gente como nós nos acompanha.

Louvemos o sinal de indignação:
A ordem da virgem para o amontoado de vermes,
A sigla de besta queimada para sempre no impuro,
O clamor redentor das massas guiadas pelo amor,
O divino aurificado em carnificina.