sábado, 6 de junho de 2009

Centrado num Inferno

Odeio analgésicos,
Prefiro saber o que dói para não me iludir,
Ademais, preciso compor um nu
E a rapariga não se sustenta por muito tempo:
Maldita cabeça,
Malditos olhos,
Bendita distorção!