segunda-feira, 4 de maio de 2009

Utopia

No meu mundo ideal,
O Y estaria cortado:
Um mundo maravilhoso,
Sem machezas enfadonhas,
Sem deslizes brutais!

Pesaria a reprodução assexuada,
Mulheres transgênicas,
Pois sexo tem melhor relação com as estrelas;
Simones de Beauvoir,
Tarsilas do Amaral,
Clarices Linspector,
Fernandas Montenegro
E Cacildas Becker caminhando por aí-
Só a nata do gênero!

Pense bem,
Pra que serve um pinto?
Uma coisa que a moça precisa fazer um esforço danado pra ficar duro
E, em média,
Não dura nem um hora,
Ademais,
É uma melequeira só!
É mais fácil visitar um sex shop por uma bugiganga daquelas
Com trocentas velocidades e satisfação garantida;
Um pinto,
Enfim,
Não serve mais pra nada.