sábado, 23 de maio de 2009

Melina

Sim, são teus;
Cantoria qualquer é pouco,
Proximidade alguma é cela
E eu não sei o que dizem estas pálpebras inchadas de nascença.
São teus,
Deitados nalguma paixão,
Desprezando curvilíneos o finito da ironia.