quinta-feira, 9 de abril de 2009

Sobre a Tolerância

O tempo sopra quase brisa nas ranhuras dos teus lábios,
Corrompe-se,
Fere.

A tua desculpa se importa se permaneces intocada,
Redunda-se,
Mergulha.