segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

O Ódio

Bebida destilada:
Anos de espera por momento de doçura,
Ócio e embriaguez,
Cegueira e ressaca.
Amor contrariado,
Sementes de raiva que nem precisam ser
Plantadas no ventre de tudo isso;
Mudas taludas para onde há húmus.

O que bem desorganiza e dispõe futuro no colo da compaixão,
E do remorso,
E da virtude,
E dos canalhas.