domingo, 15 de fevereiro de 2009

A Mulher Feia

Não há nada mais submisso do que a mulher feia;
A gorda ressentida,
A magra toda torta
Ou a feia sem explicação,
Daquelas que não se sabe de onde vem a aberração,
Fazem de tudo para exibir uma virtude que justifique o orgulho em si mesmas,
Mas não soltam um amante que faça isso por si só,
Mesmo que signifique muitos tapas na cara.