quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Domo Arigato Gozaimashita

É logo ali,
Eu sei,
Porém,
Se há tanto tempo,
Como estarão os olhos serenos de quem não agradeci?

Caminhei mais do que jamais esperei ao seu lado;
Em tantas pausas e refeições percebi o sol morrer diferente,
Alinhado a astros distintos,
Mesmo com árvores e pássaros perdendo-se pela falta de estação.

Tentei observar, mais do que sentir,
Sem muito sucesso, creio eu...
Tentei ouvir.