quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Das Pompas

Se me perdi na tua boca suja de verdades orgíacas,
Não poderia outro lugar seguir,
Outro sentido abstrair em meio aos tantos que reclamam por mais atenção.