sábado, 8 de novembro de 2008

Espectro A

Por que fuga se apenas não iniciei?
Sentada e semi-sorridente,
Eu vejo o passado apagar as premissas lúgubres
E as minhas próprias pernas se desalinharem com o quedar das minhas melenas morenas;
Não foi isso o que pensei,
Mas me coloquei no centro quando cri que me afastara.