terça-feira, 7 de outubro de 2008

Lies mich!

Abra o meu peito e desperte a minha audácia,
Extraia o que vê e corrompa o que sente,
Execute os meus sonhos e aniquile a minha dor.